Inspeção de equipamentos: o que é, como se faz, e o papel do técnico

inspecao de equipamentos supervisora

Por mais resistente, segura e robusta que sejam suas máquinas e equipamentos, elas acabam sofrendo desgastes, mesmo que pequenos, ao longo do tempo por conta do seu uso, e a inspeção de equipamentos traz a solução.

Sendo assim, estes equipamentos com toda a certeza precisará passar pelas devidas inspeções e manutenções.

Tal procedimento de inspeção garante um ótimo atendimento prestado por fornecedores ou subfornecedores envolvidos.

Além disso, o objetivo da inspeção de equipamentos é trazer produtividade, eficiência, assim como pretende prolongar a vida útil do item, e especialmente, trazer segurança durante toda a operação.

Sabendo disso, a Adequada preparou este artigo completo contendo o que é, como se faz, e o papel do técnico na inspeção e manutenção, de forma ampla e didática.

Boa leitura!

O que é inspeção de equipamentos?

inspecao de equipamentos costas

A inspeção de equipamentos nada mais é do que uma rotina diária detalhada para a checagem dos itens.

Ou seja, um conjunto de procedimentos realizados por uma empresa especializada, que certifica as etapas de procedimentos de fabricação do equipamento, incluindo a elaboração do data book, e outras atividades que precisarão ser performadas com excelência.

A empresa que contrata um serviço de inspeção de equipamentos, tem em mente garantir a qualidade do seu projeto, por meio da avaliação criteriosa de seus itens.

Assim, o contratante pode oferecer produtos competitivos no mercado nacional ou internacional.

Lembrando que esse processo deve ser efetuado sempre antes do equipamento entrar em operação.

Seu objetivo é garantir segurança, e o pleno funcionamento das máquinas.

Diante disso, muita gente confunde a inspeção de equipamentos com a manutenção, que compartilha desses mesmos objetivos.

Diferente da inspeção, a manutenção é classificada de três formas.

Existem manutenções preventivas, preditivas e corretivas.

A manutenção preventiva ocorre periodicamente, corrigindo os desgastes e danos menores.

Como o próprio nome já diz, o papel dela é fazer uma prevenção, evitando que os aparelhos falhem, o que poderia acarretar prejuízos financeiros.

Já a manutenção preditiva, serve para acompanhar o desempenho dos aparatos e identificar através de softwares algum mau funcionamento.

Quando alguma anomalia é identificada, entra a manutenção corretiva, que finda reparar danos pela substituição de peças.

Contudo, dentre estes procedimentos, a inspeção de equipamentos serve como a base fundamental.

Veja a seguir qual a sua importância.

Qual a importância da inspeção de equipamentos?

inspecao de equipamentos equipe

O protagonismo da inspeção de equipamentos é inegável.

Esse tempo reservado antes de iniciar a operação, tem o poder de salvar vidas.

Distinguindo-se das outras tecnologias, a inspeção é uma atividade diária, que aposta em ferramentas de diagnóstico, para prevenir acidentes.

Para você ter uma ideia, são avaliados componentes de lubrificação, hidráulica, interfaces de segurança, dentre vários outros.

Essa ação permite que o negócio não arque com grandes perdas financeiras relacionadas a um motor que não foi utilizado por falta de óleo, por exemplo.

Além disso, a inspeção de equipamentos está prevista em normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho.

Por isso, o método ocorre em congruência com as normas NR 11 e NR 12.

De maneira geral a NR 11 dispõe todas as questões que envolvem obrigatoriedade a respeito do transporte, movimentação, armazenagem e manuseio dos materiais, estabelecendo medidas de proteção aos trabalhadores para exercerem suas atividades profissionais.

Já a NR 12 é voltada diretamente às prerrogativas específicas de Segurança do Trabalho em Máquinas e Equipamentos. Seu objetivo é regulamentar e definir padrões de qualidade e segurança nas rotinas produtivas, assegurando a saúde, integridade física e segurança dos trabalhadores.

Para saber com mais detalhes sobre essas normas, como elas funcionam e como são aplicadas, acesse o nosso blog!

Lá preparamos outros artigos com todas as informações que você precisa conhecer.

Mencionamos as NRs porque também de acordo com as normas regulamentadoras, as fichas de inspeção precisarão ser devidamente assinaladas e arquivadas.

Pois, desta forma, estes documentos podem ser consultados para realizar a perícia, garantindo também uma seguridade jurídica.

Pensando em sobre como isso é feito, o assunto torna-se mais abrangente.

Isso porque diferentes operações empregam máquinas distintas, com diferentes complexidades mecânicas, tecnológicas e elétricas.

Para cada um desses casos, é extremamente importante analisar o manual do equipamento, obedecendo às orientações do fabricante.

Iremos abordar o funcionamento da inspeção de equipamentos um pouco mais adiante.

Por ora, para facilitar seu entendimento, preparamos uma lista de vantagens que norteiam a inspeção.

Benefícios da inspeção de equipamentos

Confira quais são os principais benefícios adquiridos pela inspeção diária de equipamentos:

  • Redução de custos;
  • Aumento da vida útil  do equipamento;
  • Cumprimento das normas vigentes;
  • Garantia da integridade física dos colaboradores que lidam com tais máquinas e equipamentos;
  • Prevenir contra falhas e acidentes;
  • Garantia de segurança durante a utilização do equipamento;
  • Cumprimento das normas vigentes.

Compreendendo a importância e os benefícios da inspeção de equipamentos, agora você está pronto para entender como funciona esse procedimento.

Então vamos lá!

Como fazer inspeção de equipamentos?

inspecao de equipamentos operaria

Como mencionamos anteriormente, são avaliados componentes de hidráulica, lubrificação e interfaces de segurança.

Além disso, a pneumática, elétrica, mecânica e outros fatores são levados em consideração neste processo.

Afinal, a inspeção de equipamentos funciona como um plano de checklist.

Observe como funciona a avaliação de cada um destes componentes que nós citamos.

  • Lubrificação: Análise de dutos, juntas, mangueiras, e outras conexões para identificar vazamentos que possam causar danos e desgaste à lubrificação, provocando perda de mobilidade mecânica ou aquecimento.
  • Hidráulica: Novamente, são analisadas as válvulas, dutos, tubulações, fissuras, justamente para identificar pontos de vazamento que possam prejudicar o arrefecimento ou funcionamento do equipamento a longo prazo.
  • Pneumática: Localização das fissuras que estejam causando perda de pressão, a fim de aumentar o consumo energético.
  • Mecânica: Aqui são observados os conjuntos mecânicos, como o próprio motor e o sistema de transmissão. Para as transmissões, é analisada a condição das correntes e o estado geral do sistema, garantindo peças em boa circunstância operacional, sem folgas ou desgastes.
  • Elétrica: Os itens do ambiente de trabalho são constantemente expostos a elementos contaminantes, que atuam como vilões silenciosos nas interfaces eletrônicas. Por isso, na parte elétrica, deve-se examinar a vedação de painéis responsáveis por dar acesso aos contaminantes, garantindo que tudo está seco, limpo, e protegido.
  • Segurança: A avaliação de segurança dos dispositivos é binária. Isso, pois o diagnóstico identifica precisamente se os sistemas estão funcionando, ou não. Muito simples! Porém, cada máquina pode apresentar uma interface de controle específica, aí surge a necessidade de recorrer ao manual e seguir à risca sua recomendação.

Certamente, esse é um caminho.

Entretanto, cada empresa é responsável por elaborar o seu próprio plano de inspeção de equipamentos.

A seguir, separamos os três passos essenciais para fazer a sua inspeção.

Dê uma olhada.

Elabore um plano de inspeção de equipamentos

Em conformidade com o que acabamos de citar, cada negócio tem a responsabilidade de criar seu próprio planejamento de inspeção de equipamentos.

Como assim?

Bom, cada máquina e equipamento tem suas próprias particularidades.

Então, o checklist básico precisa estar implantado no seu plano de ação, adaptando esta lista para a realidade dos itens que você conhece e trabalha diariamente.

Vale lembrar que é preciso fazer a leitura atenta das normas regulamentadoras de segurança do trabalho, para saber quais pontos impactam seu segmento de atuação, fora a concentrada observância do manual de cada um dos aparatos que deve ser feita.

Dito isto, qual é o checklist base que devo adaptar para a minha inspeção de equipamentos?

É nessa questão que iremos adentrar agora mesmo.

Checklist básico do que não pode faltar na inspeção

Toda e qualquer inspeção de equipamentos deve conter: lubrificação, hidráulica, pneumática, mecânica, elétrica e segurança, quesitos os quais você já está familiarizado, pois, já introduzimos neste texto.

Mas será que é só isso?

Não!

Você precisa focar também nas avaliações que são a base da sua inspeção de equipamentos.

Conheça quais são os demais requisitos necessários para a elaboração do plano de inspeção do seu estabelecimento:

  • Iluminação: É uma checagem que não pode ser esquecida em nenhuma hipótese. Verifique se os faróis, luzes de freio e alerta estão funcionando adequadamente. Lembre-se de verificar também as luzes do painel, pois elas são importantes para uma operação segura, sinalizando alguma falha nos componentes do equipamento.
  • Aquecimento: Na hora de fazer a checagem hidráulica, a base é garantir que o fluido responsável pelo resfriamento do motor esteja em níveis adequados. Lembre-se, não é recomendado a utilização de água comum para realizar esta função! A utilização dela pode levar a danos maquinários, como a corrosão do sistema hidráulico que foi montado, por conta dos minerais contidos nessa água.
  • Frenagem: Esta é a parte principal por evitar acidentes com máquinas pesadas. Por isso, antes de iniciar a operação, inspecione os freios. Verifique a altura do pedal, e o tempo de resposta da máquina.
  • Transmissão: Mesmo que isso já tenha sido feito em outras etapas, como a de mecânica, por exemplo, é sempre bom redobrar os cuidados nesta parte. Verifique as buchas, eixos, rolamentos, acoplamentos, redutores, engrenagens, etc. para corrigir possíveis vazamentos ou desgastes irregulares inesperados.
  • Filtros: Por fim, inspecione diariamente os filtros componentes dos equipamentos, limpando-os sempre que surgir a necessidade e trocando-os periodicamente. O filtro de combustível precisa ser drenado todos os dias, enquanto o filtro de ar pode ser reutilizado após a limpeza até cinco vezes. Passando disso, é necessário substituir.

Implementando esta medida no seu planejamento de inspeção de equipamentos, resta um passo. Estar atento a segurança do técnico.

Esteja atento à segurança do técnico que realiza a inspeção

Com o intuito de proteger todos os colaboradores envolvidos, a segurança do técnico que fará a inspeção de equipamentos da sua empresa não pode ser ignorada.

Aliás, a inspeção objetiva justamente assegurar a integridade física dos profissionais que trabalham com os aparelhos industriais.

Assim, exposta essa finalidade, é imprescindível que o técnico que realizará a inspeção de equipamentos esteja usando equipamentos de proteção individual (EPIs) que complementam as medidas e padrões de segurança adotados para o trabalho com máquinas e equipamentos.

Antes de finalizar nosso estudo, algumas considerações finais precisarão ser feitas.

Como por exemplo, aposto que você deve estar se perguntando qual o papel deste técnico. Não é mesmo?

Entenda as demais informações nos tópicos seguintes, e tire todas as suas dúvidas.

O que faz um técnico em inspeção de equipamentos?

inspecao de equipamentos operando

O técnico em inspeção de equipamentos é o responsável por toda esta avaliação minuciosa. Conheça suas principais atribuições, conhecimentos e salário.

Principais atividades do técnico em inspeção de equipamentos

Suas principais atividades são o acompanhamento, participação e execução de serviços de manutenção e instalações de sistemas na inspeção de equipamentos.

Por isso, atuando como responsável, o técnico em inspeção de equipamentos responde pelos serviços de parada de manutenção, projetos, construção e montagens.

Realiza também estudos de viabilidade técnica de projetos, e participa da avaliação de riscos de implantação dos empreendimentos.

Conhecimentos básicos necessários para trabalhar na inspeção de equipamentos

Para ser um técnico de inspeção de equipamentos, não basta somente ser bom em mecânica.

Estará apto a exercer função, aqueles com nível superior, tendo acesso direto ao trabalho, ou aqueles com uma habilitação técnica.

Todas as habilidades necessárias podem ser ensinadas em um curso técnico de inspeção em equipamentos.

Geralmente, estes trabalhadores que fazem acesso direto possuem graduação completa no curso de Engenharia Mecânica, Engenharia Mecatrônica e Engenharia Industrial.

Qual o salário de um inspetor de equipamentos?

O salário de um técnico em inspeção de equipamentos varia de 3.437 reais podendo chegar a aproximadamente 10.000 reais, variando de acordo com a experiência do profissional.

A média salarial de um inspetor de equipamentos hoje no Brasil é de 4.220 reais, segundo a última análise do site Vagas.

Como é o curso de inspeção em equipamentos?

inspecao de equipamentos mao de obra

Atualmente existem inúmeros cursos de inspeção em equipamentos, realizados tanto presencialmente como online!

Inclusive, os mais conceituados podem requerer uma prova como forma de ingresso.

O conteúdo programático desses cursos em inspeção de equipamentos podem incluir: revestimentos metálicos, corrosão, revestimentos não metálicos, desenho técnico básico, processo de soldagem, metrologia, processos químicos, segurança no trabalho, mecânica e procedimentos de segurança e processos químicos.

Como foi possível observar, a inspeção de equipamentos é algo que exige extrema atenção e cuidado.

Por este motivo, escolher um curso ou um profissional desta área é uma tarefa que exige bastante pesquisa, para certificar-se de que tudo será feito com excelência.

Mas não se preocupe, você está no lugar certo.

Te ajudamos a encontrar a solução “Adequada”.

Consulte a Adequada Engenharia para saber mais sobre a inspeção de equipamentos

inspecao de equipamentos operario

A Adequada Engenharia é referência em todo o Brasil, fornecendo todo o conhecimento que você precisa sobre as normas regulamentadoras e segurança no trabalho em máquinas e equipamentos.

Nossa estratégia acontece baseada na transparência, mostrando sempre como funciona todo o processo de segurança na operação de aparelhos industriais, para que as normas sejam aplicadas por meio da praticidade e fluidez, com foco em adquirir resultados modernos e produtivos.

Entendemos o seu negócio e projetamos as ideias e soluções personalizadas que mais se adequam às suas necessidades.

Oferecemos consultorias (presenciais e online), documentações (laudos, manuais, projetos mecânicos e elétricos), manutenções, cursos e treinamentos.

Nossa equipe é formada por profissionais de excelência que estão sempre à disposição para te auxiliar no que for preciso.

Entre em contato conosco e adquira as melhores formas de segurança para suas operações.

Conclusão

inspecao de equipamentos trabalhando

Após este entendimento completo sobre a inspeção de equipamentos, podemos concluir que qualquer negligência em relação a este procedimento pode produzir consequências graves em muitos âmbitos como financeiro, jurídico, operacional, e principalmente a vida dos colaboradores.

Diante desta situação, urge a necessidade de implantar projetos e soluções cada vez mais modernas.

Em 2021, muitas empresas contam com a ajuda da automatização, a fim de evitar erros que podem passar despercebidos pelo olho humano.

Isso acontece por um sistema extremamente organizado, que faz a gestão completa para que as inspeções sejam realizadas no prazo certo, registrando todos os detalhes atualizados para monitoração durante as avaliações.

É por isso que a automatização é indispensável.

Definitivamente as anotações em caderninhos ficaram para trás, por conta da complexidade das fábricas, que exigem eficiência máxima nesse tipo de serviço.

Então, faça uma escolha inteligente e aposte em serviços eficazes e atualizados neste mercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros posts que você também pode gostar